Você sabe o que são vocalises?

Depositphotos_87100582_xl-2015-1024x683 Você sabe o que são vocalises?
Para cantar bem e ter uma técnica vocal apurada, é imprescindível conhecer e praticar vocalises.

Os vocalizes são exercícios vocais realizados em aulas de técnica vocal ou em aulas de canto, onde o aluno canta diferentes intervalos musicais dispostos melodicamente (nota após nota). Para realizar os exercícios, geralmente o aluno é acompanhado por instrumento como piano ou violão. Os vocalises devem ser feitos sempre com o uso correto da respiração, da articulação e da ressonância. Na prática, eles são criados com vogais (a, e, i, o, u), sílabas (má, pu, lá, pó) , palavras e frases. Os intervalos musicais na vocalização ajudam a educar o ouvido e trabalham nossas pregas vocais.

E eles são ótimos para treinar e aprender a ter precisão vocal. Os professores utilizam escalas musicais para que o exercício seja efetuado corretamente, como escalas maiores, escalas pentatônicas, etc. Isso também vai ajudar você futuramente na improvisação.

A prática contínua dos vocalises fará com que pouco a pouco, problemas como tremulação de voz, voz “anasalada”, gutural e estridente, além de problemas de extensão vocal, sejam sanados. E a partir deste estudo, teremos uma voz com extensão maior, sonoridade mais bonita e flexível, ou seja, que a voz consiga alcançar as notas com mais facilidade, firmeza e segurança.

Como praticar vocalises?

Os vocalises podem ser feitos diariamente, mas segundo os especialistas não devem ultrapassar 25 minutos! Alguns professores fornecem o áudio das vocalises depois de ensinadas. Outros fornecem apenas a partitura para que o aluno que já tem um conhecimento de teoria musical, possa treinar em casa.

Geralmente este tipo de exercício é feito em frente ao espelho. Mas é importante que o aluno não inicie este tipo de trabalho sozinho. E importante ter um professor, que vai lhe mostrar a forma correta de fazer e acompanhar a sua evolução. Lembre-se de usar volume moderado em toda a extensão. No início os vocalises devem ser feitos com graus conjuntos. Estes no caso, são vocalises simples sempre dentro do registro médio, progredindo para a tessitura. Lembre-se que a homogeneidade no volume da voz é importante na vocalização.

Se você deseja trabalhar melhor a sua voz, venha fazer aulas de canto ou aulas de técnica vocal aqui na Escola de Música do Infomuc! Temos professores habilitados e preparados para ensinar a você todas as técnicas para cantar bem e com a qualidade de um profissional.

Acesse:

Instituicional: https://infomuc.com.br 
Escola de Música: https://escola-de-musica.infomuc.com.br 
Produção Musical: https://producao-musical.infomuc.com.br

Estamos no facebook: https://www.facebook.com/INFOMUCOFICIAL 
Siga-nos no Instagram: https://www.instagram.com/infomucoficial
Se inscreva em nosso canal do Youtube: http://bit.ly/YOUTUBEINFOMUC

Veja como foi a nossa Primeira Oficina de Técnica Vocal de 2019

Aconteceu no último dia 15 de janeiro uma Super Oficina de Técnica Vocal e Expressão Corporal, com a professora Kellyta Martins.

Aconteceu no último dia 15 de janeiro uma Super Oficina de Técnica Vocal e Expressão Corporal, com a professora Kellyta Martins. A oficina que contou com a participação da professora Gleyce Vieira e com o professor Caio de Marias. Estiveram presentes alunos de canto do INFOMUC e o público externo que se inscreveu para participar do evento. Foi uma manhã agradável e enriquecedora para todos os que estiveram presentes!

O INFOMUC aproveitou o período de janeiro para iniciar atividades como essa aqui no nosso Instituto. E já estamos nos programando para repetir a dose!

Participaram pessoas de todas idades: crianças, jovens, adultos e teve até participação da melhor idade. Todos os que estiveram presentes na Oficina de Técnica Vocal, aprenderam técnicas incríveis para cantar melhor, usando do seu corpo como ferramenta para melhorar a sua performance como exercícios corporais, de afinação, de postura, de apoio, de dicção, muitos exercícios diafragmáticos, além de técnicas de canto em grupo. E os alunos puderam em três horas de evento, trabalhar essas técnicas, e aplicando e forma prática na sua musicalidade.

A ideia é fazer com que os músicos de Recife adquiram um maior conhecimento técnico e que sejam estimulados a estudar música, buscando cada vez mais o domínio da sua musicalidade. E neste evento os professores do INFOMUC mostraram como é importante desenvolver técnicas para cantar cada vez melhor.

Oficina de Técnica Vocal foi bem avaliada pelos participantes

Os alunos aprovaram a iniciativa e já estão esperando por novas oficinas. Para eles, a Oficina de Técnica Vocal poderia ser repetida mais vezes para que todos pudessem trabalhar o seu dom. Se você deseja participar dos próximos eventos, fique ligado nas nossas redes sociais: todas as iniciativas serão mostradas em primeira mão por lá. Enquanto isso, confira os melhores momentos do evento:

Conheça nossos sites e redes sociais! Queremos muito ter você conosco. Acesse:

Instituicional: https://infomuc.com.br
Escola de Música: https://escola-de-musica.infomuc.com.br
Produção Musical: https://producao-musical.infomuc.com.br

Estamos no facebook: https://www.facebook.com/INFOMUCOFICIAL
Siga-nos no Instagram: https://www.instagram.com/infomucoficial
Se inscreva em nosso canal do Youtube: http://bit.ly/YOUTUBEINFOMUC

Salmo 28 | Missa do Batismo do Senhor – Ano C | Salmos para a Missa

É a nossa primeira melodia de Salmo de 2019! Queremos convidar você a ouvir o Salmo 28, que será cantado na Missa do Batismo do Senhor. A interpretação é do Cadu, que é o nosso “salmista” do INFOMUC. Aprenda e cante ai na sua paróquia!

Confira a letra do Salmo 28 – Ano C

Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!
Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!

Filhos de Deus, tributai ao Senhor,
Tributai-lhe a glória e o poder!
Dai-lhe a glória devida ao seu nome
Adorai-o com santo ornamento!

Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!

Eis a voz do Senhor sobre as águas,
Sua voz sobre as águas imensas!
Eis a voz do Senhor com poder!
Eis a voz do Senhor majestosa.

Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!

Sua voz no trovão reboando!
No seu templo os fiéis bradam: “Glória!”
É o Senhor que domina os dilúvios,
O Senhor reinará para sempre!

Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!
Que o Senhor abençoe, com a paz, o seu povo!

Toda semana uma nova melodia de salmos para você

Não sei se você sabia, mas desde o ano passado o INFOMUC iniciou o projeto Salmos, onde semanalmente publicamos em nosso Canal do Youtube e no nosso facebook a melodia do Salmo Dominical. Como você pôde conferir no vídeo acima, você também tem acesso as cifras para tocar esta melodia em sua paróquia. É um serviço que o INFOMUC disponibiliza para a Igreja Católica no Brasil e no mundo. Acompanhe nossas redes sociais e se inscreva em nosso canal do Youtube para saber de todas as novidades!


Conheça nossos sites:

Instituicional: https://infomuc.com.br
Escola de Música: https://escola-de-musica.infomuc.com.br
Produção Musical: https://producao-musical.infomuc.com.br

Estamos no facebook: https://www.facebook.com/INFOMUCOFICIAL

Siga-nos no Instagram:
https://www.instagram.com/infomucoficial

Nosso Canal no Youtube:
http://bit.ly/YOUTUBEINFOMUC

PARTICIPE DA NOSSA OFICINA DE TÉCNICA VOCAL

Dia 15 de janeiro – das 09h00 às 12h00 – o INFOMUC promove uma Oficina de Técnica Vocal com a Professora Kellyta Martins. A Oficina será aberta aos alunos de canto e também a convidados. O evento é gratuito, mas as vagas são limitadas em virtude do espaço. Venha participar conosco!

PROGRAMA NOVA ESPERANÇA REALIZA DOIS PROGRAMAS SOBRE A II AUDIÇÃO DO INFOMUC

Programa Nova Esperança

A TV Nova Nordeste traz em sua programação semanal o programa Nova Esperança – Apresentado pelo querido amigo Eduardo Amâncio. O programa é exibido pela manhã de segunda a sexta das 08h00 às 08h30. Ele aborda temas diversos como religião, cultura e atualidades, sempre trazendo informações importantes dentro do cenário da Arquidiocese de Olinda e Recife. No dia 08 de dezembro, eles estiveram presentes na II Audição do Infomuc e dedicaram dois programas sobre o evento. Fizemos um resumo dos programas e postamos aqui para você. Se você já viu, poderá rever e se você não viu, poderá assistir agora. Neles, nossos alunos mostraram todo o seu talento nestes dois programas, que claro, recomendamos!

Sobre a II Audição INFOMUC

Já havíamos mostrado como foi a nossa II Audição neste post, e também divulgado diversos vídeos em nosso Canal do Youtube, mas agora você confere este resumo de forma bem mais completa. Então pegue a pipoca e divirta-se com o show dos nossos alunos e com as entrevistas pra lá de divertidas do Eduardo Amâncio – O nosso “Comunicador Eclesiástico”, que entrevistou alunos, pais e professores. São dois programas muito legais que agora você encontra aqui no Blog do INFOMUC. Assista e se divirta com lindas canções interpretadas pelos nossos professores e alunos.

Primeiro Programa Nova Esperança – TV Nova | Exibido dia 14/12/2018 | Créditos TV Nova


Segundo Programa Nova Esperança – TV Nova | Exibido dia 17/12/2018 | Créditos TV Nova

Como assistir o programa Nova Esperança?

Se você está se perguntando onde e como assistir o Programa Nova Esperança, vamos dar a dica para você. Assista na TV Nova Nordeste de Segunda a Sexta, das 08h00 às 8h30 da manhã. E só lembrando: Se você deseja estudar música e se tornar um aluno do INFOMUC, entre em contato conosco e agende agora mesmo uma aula experimental gratuita. São mais de 20 cursos para você. Matricule-se já!

FÁBIO MARTIN TRAZ PARA RECIFE UM EXCLUSIVO WORKSHOP PARA BACKING VOCAL

Fabio Martin pela primeira vez em Recife traz workshop para backing vocals

Uma tarde cheia de canto, vozes e muita animação! Foi assim a tarde do dia 09 de dezembro aqui no auditório do INFOMUC. Aconteceu pela primeira vez em Recife o Workshop Vocal que teve a participação do músico Fábio Martin. O evento aconteceu para um público VIP muito empolgado, formado por alunos de canto do INFOMUC e com músicos que se inscreveram através do nosso site.

Fábio, que já está na estrada há muito tempo, é evangélico. Mas já realizou trabalhos com diversos cantores católicos como Padre Fábio de Melo, Celina Borges, Davison Silva, entre outros. Atualmente ele faz parte da banda oficial da Cantora Adriana Arydes. Além disso, faz um trabalho solo, tendo inclusive gravado um projeto recente, que está disponível nas plataformas do Deezer e do Spotify.  

No Workshop, Fábio Martin trouxe dicas importantes para quem deseja conhecer o ofício de Backing Vocal. Ele explicou que a função de Backing Vocal é dar suporte ao cantor. Por isso, quem deseja fazer o trabalho de back, precisa estar atento a muitos detalhes. Dai a importância de trabalhar diversos aspectos como afinação, dicção, respiração, apoio, impostação, cuidados com a voz e sobretudo o cuidado falar unir a sua voz a dos outros músicos do coro ao ponto de soar como se fosse uma única voz. Foi uma tarde cheia de aprendizado para os músicos que compareceram ao evento.

Além disso ele mostrou aos participantes a importância da harmonia, dos timbres e da prática de conjunto. Para fechar a aula, ele realizou diversos exercícios e dinâmica com os participantes, tendo como ápice a prática de coro e o trabalho de “abertura de vozes”. Os participantes ficaram encantados com o evento, pois foi uma forma nova de abordar o assunto.

Ao término do Workshop, Fábio Martin fez um pocket show. Cantou músicas de alguns dos cantores católicos com os quais ele trabalhou.Foi um momento de aprendizado, música e muito louvor!

fabio-martin-infomuc2-1-1024x683 FÁBIO MARTIN TRAZ PARA RECIFE UM EXCLUSIVO WORKSHOP PARA BACKING VOCAL

II AUDIÇÃO DO INFOMUC: UMA TARDE DE MÚSICA E ALEGRIA

Veja como foi a II Audição do Infomuc
Aconteceu no dia 08 de dezembro aqui no nosso auditório a II Audição para Alunos do INFOMUC. O evento contou com mais de vinte apresentações entre alunos e professores e foi um sucesso: Mais de 200 pessoas estiveram no local assistindo e aplaudindo nossos alunos. A audição teve como objetivo mostrar aos amigos e familiares, tudo que os alunos aprenderam em seus respectivos cursos. 


Estilo e diversidade

O que marcou a nossa tarde foi a diversidade de ritmos e estilos. Os alunos apresentaram canções que variavam do clássico ao contemporâneo, das canções infantis aos cantos sacros. Da música popular a música religiosa. E quem participou do evento pode entender o que significa a música para cada dos alunos.
Audicao-infomuc-1-1024x683 II AUDIÇÃO DO INFOMUC: UMA TARDE DE MÚSICA E ALEGRIA


O resultado de um trabalho bem feito

Para Celivaldo Lira que é um dos fundadores do INFOMUC, esta audição mostra o resultado de um trabalho de um semestre inteiro, onde os professores e alunos se empenharam para fazer música de qualidade. E mostra também uma evolução com relação a primeira audição. Nesta, pudemos ver apresentações diversas com instrumentos diversos. A presença dos pais, a participação dos convidados e a entrega dos alunos foi o grande diferencial da audição. Para ele, eventos assim sempre motivam a perseverar no projeto e melhorá-lo, fazendo com que uma evolução e expertise aconteçam sempre.

Uma experiência incrível!

Audicao-infomuc-2-1024x683 II AUDIÇÃO DO INFOMUC: UMA TARDE DE MÚSICA E ALEGRIA
Para Gabriel Esteves, aluno de canto do Infomuc, a audição foi maravilhosa pois foi a primeira vez em que ele se apresentou assim. Ele também disse que além da oportunidade de cantar, ele teve a possibilidade de ouvir outros alunos e ver o processo evolutivo de cada um deles. Outra aluna do curso de canto, Clara Menezes também afirmou que a audição foi incrível. Foi a primeira vez que ela cantou para um público fora da Igreja. Além disso ela pode constatar a sua evolução e crescimento, fruto do trabalho desenvolvido pela professora Kellyta Martins. 


Um sentimento de dever cumprido

Durante toda a audição, os professores ouviram diversos elogios e agradecimentos por parte dos pais e familiares dos alunos. Para a professora de canto e coordenadora de música do Infomuc, Kellyta Martins, a audição foi realmente fantástica, por que ela viu alunos que nunca se apresentaram em público mostrarem seu talento com muita desenvoltura e segurança. Para ela, a II Audição também foi importante por ver o aumento no corpo de professores presentes, de alunos se apresentando, da variedade de instrumentos e ritmos, e pela qualidade da apresentação dos alunos.
O Infomuc agradece a participação de todos os alunos e aos familiares e amigos que prestigiaram o evento. E já estamos pensando em outros eventos para os nossos alunos. 2019 promete e queremos contar com todos vocês! E se você deseja estar presente na próxima audição como aluno, escolha um curso e matricule-se hoje mesmo para trabalhar seu talento e marcar presença em todos os projetos futuros que o INFOMUC tem reservado para você. Acesse aqui para escolher seu curso e ganhar uma aula experimental gratuita!

CANTAR FAZ BEM. QUER SABER A RAZÃO? EU TE CONTO!

Cantar faz bem. Quer saber a razão? Eu te conto!
Cantar faz bem para o corpo, para a alma e para a mente. E serve qualquer ritmo: samba, ópera, sertanejo, rock, pagode, axé, bossa nova. O segredo é soltar a voz e sentir-se bem. Pegue carona nos programas de calouro e comece a cantar. É simples assim! Solte a voz e sinta os benefícios do canto na sua vida! Já falamos dos benefícios da música nosso blog aqui e aqui. Mas a música traz tanta coisa bacana que ainda temos muito para falar.

Comece deixando de lado a vergonha, escolha um lugar onde ninguém vai te atrapalhar, como o carro ou o chuveiro e  cante. Vai fazer um bem enorme a você! Duvida? Então confira alguns benefícios que o canto traz a sua vida.


Relaxar e aliviar a Ansiedade

A rotina anda tão cheia de tarefas que todo mundo vive ansioso, sob pressão. Mas a ansiedade faz com que o corpo fique, de forma desnecessária, em permanente estado de alerta – a adrenalina dispara e a reserva de ar nos pulmões aumenta. E isso só piora a angústia! Cantar nos obriga a colocar tudo para fora e relaxar.


Soltar as emoções presas e diminuir a timidez

Cantar é uma forma de expressão que mexe profundamente com as nossas emoções, porque a gente sente o que canta. E, quanto mais variadas as músicas, maior é a quantidade de sentimentos que deixamos aflorar. Além disso, é uma ótima terapia para os tímidos. Muitos artistas são tímidos na vida, mas, no palco, botam pra quebrar!


Turbinar a autoestima

Ninguém acha que canta bem, né? Isso acontece porque a voz que nós ouvimos é diferente da voz que os outros ouvem. Arriscar um refrão em alto e bom som, portanto, é uma maneira de parar de se preocupar com a opinião dos outros e apostar no próprio potencial sem medo de errar ou desafinar. É cantar para se sentir bem e pronto! Precisa algo mais?


Respirar corretamente

Quando a gente canta, é obrigada a respirar de forma mais profunda e controlada. E, naturalmente, repetimos isso ao longo do dia e respiramos melhor. De quebra, massageamos o diafragma, que se contrai ao inspirar e relaxa ao expirar e soltar o ar dos pulmões.


Melhorar a postura

Se a respiração é tão importante assim para o canto, não dá para cantar agachadinho ou encolhido, certo? Para arrasar no karaokê, tem que manter uma boa postura.
Agora se você deseja cantar bem, afinado e arrancar aplausos de todos que te ouvirem cantar. Venha estudar no INFOMUC. Nosso time de professores é graduado e especializado e vai ajudar você a cantar como um profissional. Veja como se matricular aqui.  Qualquer dúvida ligue (81) 3129-0307/98253-0458 (whats app) 

MÚSICA AJUDA PESSOAS COM DIFICULDADE DE MEMORIZAÇÃO

Música ajuda pessoas com dificuldade de memorização
Sabia que a música pode ajudar você que está com problemas de memorização? Estudos recentes revelam que estudar música pode ajudar na melhoria de memória e até aumentar o seu QI! Essa é a segunda postagem que falamos desse assunto. A primeira você lê aqui. No entanto, como as pesquisas não param de ser publicadas, queremos mostrar tudo que está acontecendo para você.
O laboratório Auditory Neuroscience  da Universidade Northwestern fez uma pesquisa interessante. Eles constataram que música estimula o seu cérebro e aumenta a sua capacidade de memorização. Isso ocorre porque tocar um instrumento e ler estão relacionados a um mesmo mecanismo neural e cognitivo. Aprender um instrumento potencializará a sua capacidade de memória.
Um estudo foi feito com 22 crianças de 3 a 4 anos de idade. Um grupo recebia aulas de piano e de canto. Outro grupo de 15 crianças não recebeu nenhum tipo de aula. Os dois grupos participavam dos mesmos tipos de atividades na pré-escola. O resultado mostrou que as crianças que tiveram aulas de piano semanalmente desenvolveram 34% mais as suas habilidades espaciais-temporais do que as outras. Não só isso, mas os pesquisadores disseram que os efeitos durariam no longo prazo.
De acordo com um artigo da revista online The Telegraph, “Nova pesquisa sugere que tocar um instrumento musical regularmente altera o formato e a potência do cérebro. Segundo o mesmo jornal, a música pode ser usada como uma terapia para melhorar as capacidades cognitivas.”


Um cérebro que funciona “diferente”

Existe cada vez mais evidência de que o cérebro dos músicos funciona diferente dos cérebros das outras pessoas. Sobretudo nas áreas responsáveis por processar e tocar música. Quando você aprende a tocar um instrumento musical, seu cérebro é muito estimulado. As partes que controlam suas habilidades motoras, de escuta, a de guardar informação musical e a memória se tornam maiores e mais ativas. Outros resultados mostram que tocar um instrumento musical aumenta o seu QI em 7 pontos.
Isso quer dizer que se você aprender a tocar violão, você também estará lutando contra a degeneração cerebelar a um médio e longo prazo. Sendo assim, você pode pensar na possibilidade de trocar as pílulas para estimular sua atividade cerebral por aulas de violãoteclado ou um instrumento da sua preferência.  Que tal?

QUAL O MELHOR VIOLÃO PARA INICIANTES?

Qual o melhor violão para iniciantes?

O melhor violão para iniciantes, nem sempre é o mais caro ou o mais moderno. Quando você vai comprar o seu primeiro violão, é normal ficar perdido diante de tantas ofertas ou achar que o violão mais caro é o ideal para o seu início. Por isso vemos muita gente que vai começar a tocar violão, ter um violão caríssimo e desistir no início. E foi pensando nisso que nós do INFOMUC criamos esta matéria para você. Mas antes de mostrar as opções escolhidas, é necessário falar um pouco mais sobre este instrumento, para que você conheça bem como ele é feito e quais são as suas partes.


As partes do violão

A primeira coisa que se deve considerar em um violão é a madeira com a qual ele é feito. É ela a responsável por dar ao instrumento uma sonoridade diferenciada. As partes de um violão são feitas com madeiras diferentes e depois coladas. Elas são: o fundo, a lateral e o tampo. Como cada parte é feita com uma madeira diferente, é comum ver violões com preços diferentes, levando-se muito em consideração as madeiras com as quais o violão foi confeccionado.

Um outro aspecto com relação ao violão é a questão da ressonância. Quando um violão é confeccionado, seu corpo se transforma em uma espécie de caixa acústica. Isso faz com que o som seja mais forte, mais cheio e mais intenso. A isso nós chamamos de caixa de ressonância. A madeira com que o violão é confeccionado, interfere muito nesta caixa de ressonância, e esta por sua vez interfere na qualidade do som produzido.


Braço e escala do violão

O braço e escala podem ser feitos ou não com a mesma madeira. O braço se divide no braço propriamente dito e a escala. A escala é a parte da frente do braço, onde vemos os trastes, feita com uma madeira mais fina. O braço propriamente dito é o restante da madeira que o compõe.

Se você procura um violão para iniciantes, uma boa dica é procurar um violão cujos trastes 
não sejam muito altos. Quanto mais alto os trastes, mais força o violonista fará.


Entre a escala e o braço propriamente dito, alguns violões tem uma barra de metal chamada tensor. Ele serve como um reforço para o braço. Quando esticamos as cordas do violão, elas geram uma força no braço que muitas vezes tende a mexer na estrutura da madeira. Graças ao tensor, isso não acontece.

O tensor pode ser ajustável ou não. No entanto o ajuste desse tensor é sempre feio por um luthier (técnico de violões). É importante frisar que o braço do violão é projetado para um determinado tipo de cordas, de modo que se o violão tem cordas de nylon, o braço dele foi regulado para esse tipo de corda. Usar cordas diferentes pode fazer com que o braço do seu violão tenha problemas.

Caso você tenha um violão com cordas de aço e deseja colocar cordas de nylon, antes você deve levar a um luthier para que ele verifique se o seu violão tem um tensor ajustável ou se outro tipo de reparo pode ser feito.


Tipos de Corda

Já falamos disso com detalhes em um outro post (que você pode conferir aqui), mas resumidamente podemos dizer que as cordas de nylon são mais flexíveis, mais leves, e permitem maior facilidade para apertá-las e para fazer dedilhados. O violão clássico se utiliza desse tipo de corda.

Por sua vez, as cordas de aço são menos flexíveis. Geralmente se usa palheta para tocar esse tipo de corda. O iniciante sofre um pouco para aprender a interagir com violões que usam aço. Sua principal vantagem é a sonoridade.

Se você está iniciando no mundo do violão, opte por cordas de nylon com uma tensão mais leve. Porém se você comprar um violão com cordas de nylon, jamais tente colocar cordas de aço, sob o risco de perder seu violão!


Violão para crianças

Existem alguns modelos feitos especificamente para crianças. São violões com dimensões menores, especialmente desenhados para se adequarem ao estudante infantil. Vou citar alguns exemplos:

A Giannini possui o modelo GN-R que é para crianças de 03 a 06 anos. Possui também o modelo GN-6 que é para crianças de 06 a 09 anos. A Di Giorgio possui o modelo Piccolo, que também é indicado para ensino infantil.

Mas fique atento! Com relação aos violões infantis, tenha em mente que provavelmente se seu filho (a) continuar os estudos (que faço votos sinceros que sim!), você terá que trocar o instrumento no futuro para um maior. Dito isso, passemos as melhores indicações para violões para iniciantes. Levamos em consideração o custo/benefício do violão, pensando em pessoas que estão começando o estudo do instrumento. 


Violão para iniciantes – Linha infantil – Nossa indicação

1. Di Giorgio Piccolo

  • Dimensões: Caixa de ressonância 42cm
  • Tampo: Oregon Pine
  • Fundo: Pau Ferro
  • Lateral: Pau Ferro
  • Escala: Alpaca

2. Giannini GN-6 ( Indicado para crianças de 06 a 09 anos)

  • Tampo: Spruce
  • Fundo: Basswood
  • Lateral: Basswood
  • Braço: Chinese solid wood
  • Escala: Rosewood


Violão para iniciantes acima de doze anos

Esses modelos de violões possuem boa qualidade para o estudo de iniciantes.

1. Di Giorgio estudante n° 18 (Um dos violões mais indicados para estudante)

  • Tampo: Oregon Pine
  • Fundo: Pau Ferro
  • Lateral: Pau Ferro
  • Escala: Alpaca

2.  Giannini GN-15 (Violão da série Sonicx da Giannini)

  • Tampo: Sitka Spruce
  • Fundo: Linden
  • Lateral: Linden
  • Braço: Solid wood
  • Escala: Rosewood

3. Giannini N-14 (Violão da série Start da Giannini)

  • Tampo: Linden
  • Fundo: Linden
  • Lateral: Linden
  • Braço: Catalpa
  • Escala: Maple Escurecido


Violão para iniciantes de violão clássico

Esses modelos de violões são um pouco mais caros mas possuem ótima qualidade. Indicados para iniciantes de violão clássico.

1. Giannini GN-17 (Violão da série Estudo da Giannini)

  • Tampo: Sitka Spruce
  • Fundo: Sapelle
  • Lateral: Sapelle
  • Braço: Nato com tensor
  • Escala: Indian Rosewood


2. Eagle DH-69

  • Tampo: Spruce
  • Fundo: Mogno
  • Lateral: Mogno
  • Braço: Mogno Oriental
  • Escala: Jacarandá

3. Yamaha C40M

  • Tampo: Spruce
  • Fundo: Meranti
  • Lateral: Meranti
  • Braço: Nato
  • Escala: Rosewood (Jacarandá)

Violões para iniciantes com cordas de aço

Citamos acima apenas violões com cordas de nylon como sugestões de melhor violão para iniciantes porque os violões com cordas de aço são mais difíceis para o iniciante “apertar” as cordas. Porém os de aço são os preferidos por pessoas que gostam de tocar e cantar junto (modo popular). É possível cantar e tocar com um violão de nylon também, sem problemas. Mas muitas pessoas preferem o de aço porque a maioria das músicas que ouvem nas gravações dos seus artistas preferidos é feita com violões com cordas de aço. Isso por causa do volume e do brilho das cordas que ressalta frequências mais agudas nesse violão.

Então, muitos iniciantes começam com cordas de aço. Mas é um risco: o aluno pode sentir dificuldade e não se adaptar ao violão de aço. E, por conta disso, desanimar nos estudos. Seria interessante o aluno experimentar o violão de cordas de aço para sentir se consegue se adaptar ao instrumento antes de comprar.

Dito isso, como dica de violão com cordas de aço fica o Tagima Kansas:

1. Tagima Kansas

  • Tipo de violão: Elétroacústico
  • Formato do corpo: Folk com cutway
  • Tampo: Spruce
  • Fundo: Sapele
  • Lateral: Sapele
  • Cavalete: Rosewood
  • Braço: Mogno
  • Escala: Rosewood
  • Captação: Piezo
  • Pré: Tagima TEQ-5, ativo de 5 bandas e afinador
  • Controles: Volume, grave, médio, agudo, presence, brilliance

E por fim uma última dica: mesmo que o violão tenha uma linha de série como mostramos acima nunca um violão é igual ao outro. Portanto, mesmo que você esteja procurando um violão para iniciantes, experimente o violão antes de comprar. Sinta o seu som, perceba a força que você coloca nas cordas para emitir a nota desejada, observe a ressonância dele e todos os seus atributos. Se você já comprou um instrumento ou ganhou de presente e sente dificuldades com ele, vale a pena levá-lo a um Luthier para que ele possa deixar o violão mais fácil de manusear.

Estas são apenas algumas indicações. Escolha a vontade! Mas lembre-se: Depois de escolher seu violão, não deixe de visitar o INFOMUC e agendar uma aula experimental gratuita.  Temos professores prontos para explorar todo o seu talento musical, transformando você em um músico profissional.