APRENDER A TOCAR VIOLÃO: O QUE DE FATO É NECESSÁRIO?

APRENDER A TOCAR VIOLÃO: O QUE DE FATO É NECESSÁRIO?

Quando eu comecei a aprender a tocar violão, ouvi uma frase que nunca esqueci: “Um violão é uma segunda namorada. Trate-o com carinho e esteja sempre com ele”. Quando alguém me pergunta o que seria necessário para aprender a tocar violão, eu sempre digo que são necessárias três coisas: paciência, persistência e constância.
Quem disser que você vai aprender a tocar violão da noite para o dia estará mentindo para você. Existem fatores que podem ou não acelerar o seu desenvolvimento e aprendizado com o instrumento. Um exemplo desses fatores são o professor com quem você estuda, o instrumento que você utiliza e o tempo e a frequência com que você estuda. Mas mesmo assim é preciso ter paciência com o seu ritmo de aprendizado. É importante também ser persistente com os exercícios e constante (de estudar sempre). É necessário praticar todos os dias pelo menos de 40 minutos a 1h30 (óbvio que isso vai do seu tempo e disponibilidade).


Mas o que eu devo estudar?

Bom esta resposta depende de muitos fatores. Você estuda em uma escola ou tenta aprender sozinho? Deseja estudar violão clássico ou popular? Tem algum conhecimento musical ou não? Eu particularmente defendo a ideia que todo mundo que queira aprender a tocar violão (ou seja, um iniciante), procure uma escola ou até mesmo um professor de música. Se você tem uma certa experiência e um certo domínio do instrumento, até é possível que você possa estudar sozinho. Mas o inciante precisa realmente de um bom professor. E por que?
Quando você aprende sozinho, você desenvolve alguns vícios que posteriormente te impedirão de avançar no domínio do instrumento, além de comprometer a sua virtuose. Já o professor te ajudará a começar do jeito certo. No começo, a pessoa que aprende sozinha pode até tocar a primeira música mais rápido. Porém em um determinado período do aprendizado esse aluno “autodidata” vai parar de avançar. Isso acontece por que ele não aprendeu as técnicas certas. Já o aluno que tem um professor vai avançar gradualmente e sempre. O professor além de ministrar os exercícios, observará seu rendimento, corrigindo erros e vícios antes que você se acostume com eles.
Se você deseja estudar sozinho, realmente não sei o lhe dizer o que seria melhor. E nem digo isso por mal. É por que realmente não tenho como saber o que você já aprendeu ou o que deseja aprender. Mas se você é iniciante e opta por uma escola como o INFOMUC, a dica é estudar tudo que o professor mandar. E mesmo se você em um determinado momento achar o exercício entediante ou sem sentido, continue estudando. No momento certo o professor vai lhe mostrar não apenas os avanços, mas o sentido de todo aquilo que ele ensinou. E você avançará bem mais rápido no estudo do seu instrumento do que resolvesse aprender por revistinhas ou por métodos de internet.
Quer fazer uma experiência interessante? Por que você não marca uma aula experimental de violão clássico ou popular aqui no INFOMUC? Temos professores preparados e habilitados para ensinar a você todos segredos do instrumento. Que tal a ideia?