CORDAS DE VIOLÃO: COMO ESCOLHER A CORDA CERTA?

CORDAS DE VIOLÃO: COMO ESCOLHER A CORDA CERTA?


Trocar as cordas de violão não é uma tarefa tão difícil assim. Porém escolher a corda certa para o seu instrumento pode ser uma tarefa complicada. É preciso entender uma máxima: cada violão precisa de um determinado tipo de corda. Você não pode simplesmente pegar um encordoamento e sair trocando simplesmente por que seus dedos doem. Por que assim, você pode prejudicar o seu violão. Então para ajudar você, o Blog do Infomuc preparou um dossiê com algumas informações para você usar na hora de escolher o melhor encordoamento para o seu instrumento.


AS CORDAS DO VIOLÃO DEPENDEM DE QUE AFINAL?

Quando um violão é feito, ele já tem uma predefinição: ou será de cordas de aço ou de nylon. Cada violão é projetado para a tensão de um determinado tipo de corda. Se você usa corda de nylon em um violão feito para cordas de aço, dificilmente irá extrair o som adequado para ele. Além do mais, existe a possibilidade de você danificar seu instrumento. Por isso é importante ter essas informações ainda na loja, quando você comprar o seu violão. Do contrário, é interessante levar seu instrumento a um luthier para que ele lhe indique o melhor encordoamento para ele.


QUAL O CALIBRE EU DEVO ESCOLHER?

Aqui é onde as coisas ficam complicadas. As cordas do violão (seja aço ou nylon) tem uma grande variedade de calibres. Cordas com uma calibre mais pesado, em geral tem mais tensão um som mais bonito, porém exigem mais do violonista. Esse calibre se reflete no diâmetro da corda.

Normalmente, as cordas de diâmetros mais leves ou finos são mais fáceis de tocar, mas podem quebrar mais facilmente. As cordas com o diâmetro mais pesado podem ter um som mais completo, mais altas e são mais difíceis de quebrar. Em contrapartida, são mais difíceis de tocar. Aqui está uma visão geral dos conjuntos de cordas:

  • Extra light: .010 .014 .023 .030 .039 .047
  • Custom light: .011 .015 .023 .032 .042 .052
  • Light: .012 .016 .025 .032 .042 .054
  • Medium: .013 .017 .026 .035 .045 .056
  • Heavy: .014 .018 .027 .039 .049 .059


Então, como você sabe qual calibre irá ser o certo para você você? Aqui estão algumas dicas para ajudar você.


TAMANHO DO VIOLÃO –  Seu violão é daqueles maiores (chamados jumbo) ou é um violão de porte normal? Normalmente, um violão de de corpo menor responderá melhor com cordas de calibre mais leves. Se o seu violão é grande, cordas com um calibre maior terão um efeito melhor.


TONS MAIS GRAVES OU AGUDOS – Cordas mais pesadas tendem a enfatizar os tons mais graves do violão. Por sua vez, as cordas mais claras são mais agudas e doces.


ESTILO DE TOCAR –  Na hora de tocar, você toca com os dedos, ou prefere palheta? Normalmente, as cordas mais leves são mais fáceis de tocar com os dedos (violão clássico por exemplo). Se você gosta mais de pop ou rock, você vai querer cordas mais pesadas. Se você tocar os dois, experimente um conjunto médio, que tenha uma pontuação mais pesada nas primeiras cordas e mais clara nas cordas de baixo.


A IDADE DO INSTRUMENTO – Se você tem um instrumento vintage, tenha cuidado ao colocar cordas mais pesadas sobre ele. As cordas mais pesadas pedem uma tensão maior, e por isso e podem quebrá-lo.


QUAL MATERIAL ESCOLHER?

Há quem pense que uma corda é apenas uma corda. Mas quem pensa assim, pensa errado! Existem vários tipos de materiais para a fabricação de cordas. O material com o qual a corda é confeccionada, pode afetar sua sonoridade e a sua durabilidade.

  • Bronze: Apesar do nome, as cordas de bronze são confeccionadas com 80% de cobre e 20% de zinco e são usadas para todos os estilos. Com um tom de toque claro e brilhante, essas cordas podem envelhecer rapidamente devido à tendência do bronze de oxidar.
  • Bronze de fósforo: São as mesmas “cordas de bronze”, só que com o fósforo adicionado. É uma corda brilhante, porém é mais quente e mais escura que as cordas de bronze. O fósforo amplia a vida dessas cordas.
  • Latão: uma corda de som brilhante e metálica.
  • Cordas de seda e aço: produzem um som macio e suave. Eles oferecem menos tensão, e por isso são boas para violões vintage que exigem cordas especiais. Elas tem uma sonoridade menor e são menos duráveis,porém são mais fáceis de tocar.


E AS CORDAS DE NYLON?

As cordas de violão clássicos (ou cordas de nylon) também são feitas em diferentes tensões. Estas geralmente consistem em baixa tensão também referida como tensão moderada ou leve, normal ou média, e tensão rígida ou alta. A tensão baixa ou leve é mais fácil de tocar, mas você pode obter um pouco de zumbido. Experimente alguns e veja o que lhe é melhor.


MATERIAIS

Sobre o material para as cordas de violão de nylon, é importante frisar: estas podem ser feitas com nylon transparente ou retificado. As cordas agudas também são feitas de fibra de carbono. As cordas do baixo são principalmente feitas de fio de bronze ou fio de cobre banhado a prata enrolado em torno de um núcleo de fios finos.


REVESTIMENTOS E TRATAMENTOS

Atualmente, a tecnologia de cordas progrediu muito. Hoje as empresas oferecem cordas muito mais duráveis do que há tempos atrás. As cordas revestidas podem são menos brilhantes. Mas eles podem durar três ou quatro vezes mais. Você também pode encontrar cordas que foram criogenicamente congeladas, o que parece prolongar a vida sem diminuir o tom ou sustentar.


COM QUAL REGULARIDADE VOCÊ DEVE TROCAR A CORDA?

Provavelmente mais do que você tem trocado! O som que um violão tem com novas cordas é realmente diferente! Se você estiver tocando muito regularmente, você pode querer mudar a cada semana. Se você for um tocador ocasional, experimente uma vez a cada dois meses. Se você limpar seu violão e lavar as mãos antes de tocar, suas cordas podem durar um pouco mais.


CONTINUE TESTANDO!

Eu sei que é confortável ficar com as mesmas cordas. Porém é bom alternar sempre as cordas que você coloca em seu violão, especialmente se você não tem feito muito isso. Existem algumas opções de cordas novas realmente excelentes que você deve verificar. Faça o teste e descubra que cordas poderão atender melhor você.